CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

O Consumo Inteligente da Água

Com o objetivo de aumentar a eficiência e inteligência hídrica no concelho, para além dos benefícios económicos associados à poupança na faturação de água da rede pública, o município tem vindo a desenvolver alguns projetos neste âmbito. Acompanhe por aqui as medidas municipais implementadas de inteligência hídrica.

Sabia que:

  • Em Cascais, o consumo de água doméstico (habitações) abrange 70% do consumo global e o não-doméstico (comércio, indústria, agricultura, serviços) 30%;
  • O consumo de água nas habitações do concelho de Cascais é da ordem de 11 milhões de m3 por ano;
  • A capitação doméstica média é de 145 litros por habitante/dia. Este valor é superior ao valor (+ 35 litros/pessoa) que as Nações Unidas calculam ser a quantidade de água que um ser humano precisa para satisfazer as suas necessidades básicas diárias (110 litros);
  • A freguesia que mais consome é Cascais e Estoril, representando 39% do consumo doméstico global;
  • O elevado consumo esta freguesia poderá estar relacionado com a dimensão populacional e enchimento de piscinas e rega de espaços exteriores;
  • O consumo não-doméstico associado aos setores do comércio, indústria e agricultura representa 52% do consumo não-doméstico global. A Câmara Municipal de Cascais representa cerca de 24%;
  • É também na freguesia de Cascais e Estoril que se concentra cerca de 52% do consumo não-doméstico;
  • Dentro dos consumos de água no setor não-doméstico, destacam-se três consumidores intensivos:
    a. Golfe (pelo menos dois campos de golfe utilizam água da rede (dados de 2017));
    b. Estabelecimentos prisionais;
    c. Shopping.
  • Com consumos mais baixos e homogéneos temos o setor da saúde (Hospital), a Hotelaria, estabelecimentos de ensino, o Casino, um ginásio e a CMC;
  • Os usos da água da CMC são diversos, dada a variedade de serviços e atividades que o município gere. Para o período em análise, de 2013 a 2017, identificou-se a
    rega de espaços verdes como o principal uso da água, representando cerca de 67% do consumo e os estabelecimentos de ensino com uma representação de 13%.

 

Saiba mais na Matriz da Água de Cascais (2019) AQUI

Separadores