CONTACTOS
Fale connosco
800 203 186
Em rede

Está aqui

Plano de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas de Cascais

O Plano de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas – Cascais 2030, apresentado a 15 de setembro de 2017, identifica 13 medidas que integram um total de 80 ações a serem  implementadas no município, e que terão impacto imediato na segurança de pessoas e bens.

Este é um plano de ação de segunda geração – depois do Plano Estratégico de Cascais face às Alterações Climáticas (PECAC) de 2010 – o que permitiu atualizar os cenários climáticos esperados, reduzindo as incertezas associadas aos fenómenos naturais, o que é fundamental para orientar as estratégias e serviços da Autarquia para resultados eficazes. 

O Plano de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas – Cascais 2030 tem na sua génese uma inovação: teve como base um longo processo consultivo aos munícipes e técnicos de diversas instituições para a sinalização de prioridades nos projetos e ações a implementar.

O documento segue os princípios metodológicos do IPCC (Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas das Nações Unidas), por isso, será um dos primeiros a nível internacional a cumprir as orientações dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 2030 (em particular do objetivo 13: Ação Climática).

A implementação das ações identificadas tem um custo de 11,5 milhões de euros, aos longo dos próximos 13 anos. Prevê-se ainda um modelo de gestão transparente e consultivo, onde as forças vivas do concelho serão capacitadas e envolvidas ao longo da implementação. 
Consulte aqui o documento

RELATÓRIO DE PROGRESSO 2021

Em 2021, a implementação do PA3C2 ainda teve algumas limitações, devido ao contexto de pandemia, mas os resultados demonstram uma evolução positiva nas medidas implementadas. De salientar, também, as ações desenvolvidas no âmbito do “Fundo AdaptCascais" que vieram demonstrar que as comunidades desempenham um papel fundamental na ação climática. O ano de 2021 entra para a história como o ano de maior ocorrência de eventos climáticos extremos (incêndios florestais, ondas de calor, secas, tempestades, inundações) o que evidencia a importância e a urgência de implementar as medidas de adaptação, no sentido de prevenir e minimizar os impactes das alterações climáticas.
​Consulte aqui o Relatório de Progresso 2021 do PA3C2

RELATÓRIO DE PROGRESSO 2020
Face ao contexto de pandemia que vivemos desde o início de 2020, a implementação das medidas e ações do Plano teve grandes limitações, sendo de salientar, o Grupo da Proteção Civil e Saúde Pública que estiveram, por inerência das suas funções, empenhados e envolvidos diretamente no combate à pandemia.
Consulte aqui o Relatório de Progresso 2020 do PA3C2

 

RELATÓRIO DE PROGRESSO 2019
Este Relatório foi desenvolvido já em contexto de pandemia, sendo que a gestão da COVID-19 providenciou algumas lições para o desafio das alterações climáticas. A demonstração da importância de ação preventiva e o papel fundamental da ciência substanciam a urgência de cumprir as medidas e ações definidas no PA3C2.
Consulte aqui o Relatório de Progresso 2019 do PA3C2

 

RELATÓRIO DE PROGRESSO 2018
Este Relatório de Progresso 2018 evidencia o trabalho desenvolvido pelos técnicos responsáveis nos cinco Grupos de Trabalho temáticos, apresentando a análise e o balanço da implementação das medidas e ações previstas no PA3C2.
Consulte aqui o Relatório de Progresso 2018 do PA3C2